domingo, 8 de novembro de 2009

Para breve...

“Trilho das Casarotas” – Serra Amarela

Iremos caminhar...

Por alguns lugares como Louriça e Alto do Corisco, onde existem uns circos glaciários pouco nítidos. As suas ravinas são estreitas e fortemente fracturadas, atingindo mais de 100 m de altitude, não apresentando o polimento típico de circos, contudo, a existência da moreia do Ramisquedo uns metros abaixo, permite a sua interpretação como tal.
Pode-se inferir um limite da glaciação próximo dos 800 m a 900 m (Coud´-Gaussen, 1981)

« (...) todo o dia pela Serra Amarela, a percorrer vezeiras, a visitar fojos de lobos e a quebrar a cabeça no enigma de quinze ou vinte casarotas perdidas numa chapada, que ou são túmulos de uma necrópele celta, ou habitações pastoris de verão, ou acampamento de tropas romanas, ou armadilhas que o diabo pôs ali para tentação de almas ignorantes. Não sei se alguém de saber já por lá passou e viu aquilo. Uma inscrição em caracteres estranho vai-se apagando no granito, os pastores vão atirando ao chão as lages que cobrem os dolmens ou as construções, e daqui a algum tempo não restará de todo o mistério nenhum sinal.
Mas talvez seja melhor assim. Os mistérios são o alimento natural do tempo.
E quando os anos os digerem, fica tudo em paz.»
Miguel Torga (25 de Julho de 1945)

Programa para 15-11-2009

Partida: Brufe
Chegada:Brufe
Tipo:Circular
Distância aprox: 15km
Dificuldade:média

Nota: Esta é uma informação complementar referente à nossa próxima actividade.
Podes saber tudo e os contactos em: http://sendasdagallaecia.blogspot.com/

Aquele Abraço

Sem comentários:

Publicar um comentário