quarta-feira, 30 de abril de 2014

IPO do Porto comemorou os 40 anos com concerto solidário


Para assinalar os 40 anos de atividade, o IPO-Porto comemorou no passado dia 17 de Abril esta data com um mega/concerto solidário no Pavilhão Rosa Mota. Teve inicio um pouco depois das 21.00h, num belo espetáculo que contou com a atuação de Quim Roscas & Zeca Estacionâncio em rizota basta, André Sardet, Azeitonas e claro, a estrela aguardada, Tony Carreira, com belas canções. Este espetáculo, cuja receita reverteu para a remodelação das instalações hospitalares do IPO, querendo dar mais conforto e bem-estar aos mais de dois mil doentes e seus familiares que pelo Instituto passam diariamente.
Foi a 17 de Abril de 1974 – uns dias antes da Revolução dos Cravos - que o Instituto Português de Oncologia do Porto começou a dar resposta aos doentes oncológicos da Região Norte do nosso País, tendo vindo a conquistar ao longo dos anos um lugar de topo pela qualidade dos serviços que presta e pela tecnologia de ponta que emprega na prestação diária de cuidados de saúde.
A iniciar atividade há 40 anos com 167 colaboradores, o Instituto conta atualmente com cerca de dois mil funcionários, reflexo não só do aumento da incidência do cancro, mas também do trabalho que tem sido desenvolvido no tratamento dos mais de dez mil novos utentes que todos os anos chegam ao IPO-Porto. Nesta equipa trabalha a minha filha Mara, com empenho e dedicação, que para além das funções que exerce, é atualmente a formadora de Inglês no Instituto.
Ora, neste dia do meu aniversário, não podia deixar de assistir ao espetáculo e só tenho que te agradecer, Mara, por tudo que fazes e venhas a fazer por mim.

Obrigado e um beijinho do teu Pai.


Aqui ficam algumas fotos do Evento:













Aquele Abraço!

sexta-feira, 25 de abril de 2014

25 de Abril... sempre?!



Dies Irae 


Apetece cantar, mas ninguém canta.
Apetece chorar, mas ninguém chora.
Um fantasma levanta
A mão do medo sobre a nossa hora.

Apetece gritar, mas ninguém grita.
Apetece fugir, mas ninguém foge.
Um fantasma limita
Todo o futuro a este dia de hoje.

Apetece morrer, mas ninguém morre.
Apetece matar, mas ninguém mata.
Um fantasma percorre
Os motins onde a alma se arrebata.

Oh! maldição do tempo em que vivemos,
Sepultura de grades cinzeladas,
Que deixam ver a vida que não temos
E as angústias paradas! 

(Cantico do Homem / Miguel Torga)

quarta-feira, 23 de abril de 2014

"Coisas antigas" sobre S. Mamede de Infesta (BOMBEIROS)



Foi no século passado e decorria o ano de 1922, ao dia 23 de Abril:

(... Os Bombeiros Voluntários de S. Mamede de Infesta inauguraram solenemente a sua bandeira associativa, artisticamente bordada, sob risco do distinto artista Cristiano de Carvalho, por Dª Adelaide dos Anjos Amorim, e uma moderna bomba de grande pressão, adquirida na Alemanha para o seu corpo ativo.
Assistiram ao ato, que decorreu animadíssimo, os Srs. António Fernandes Reis, Vereador da Câmara de Matosinhos, Emidio Quintela, José Cunha, Alexandre Moutinho, João Albino de Miranda, Augusto Figueiredo, Domingos Cavadas, Eduardo Neves, Carlos de Sousa, Abel Costa Real de Araújo Leite, dos Corpos Gerentes da Associação, Rodrigo Pinto Leite, seu 1º Comandante e muito povo da localidade.)

Pesquisa Literária: O Tripeiro / Ano XII / VI Série / Nº 4 - de Abril de 1972

Como ainda me encontro ao serviço da Associação Humanitária / Bombeiros de S. Mamede de Infesta, aqui deixo esta antiga notícia de efeméride local, com Respeitosos Cumprimentos para todos.



sábado, 19 de abril de 2014

Páscoa dos homens




A CRISTO CRUCIFICADO

DIVINAS mãos e pés, peito rasgado,
Chagas em brandas carnes imprimidas...
Meu Deus! que por salvar almas perdidas,
Por elas quereis ser crucificado.

Outra fé, outro amor, outro cuidado,
Outras dores às Vossas são devidas;
Outros corações limpos, outras vidas,
Outro querer, no Vosso transformado.

Em Vós se encerrou toda a piedade,
Ficou no mundo só toda a crueza;
Por isso cada um deu do que tinha...

Claros sinais de amor, ah saudade!
Minha consolação, minha firmeza,
Chagas do meu Senhor, redenção minha!

Poema de Frei Agostinho da Cruz
(1540/1619-Várias Poesias/1771)
Convento de S.ta Cruz/Sintra)



A TODOS DESEJO UMA PÁSCOA FELIZ!


Aquele Abraço

quinta-feira, 17 de abril de 2014

17 de Abril : mais um que passa... para "Rumo Incerto"?




RUMO INCERTO

E donde venho? Donde? Quem sou eu?
P'ra onde vou? Qual há-de ser meu fim?
Acaso já fui vida que viveu,
Ou de verdade comecei em mim?

Esta minha ansiedade, quem ma deu?
Minha alegria veio quando vim
Ao Mundo, ou porventura renasceu
De um riso morto que cantava assim?

Quero saber se eu vivo a minha vida,
Ou uma outra, um dia interrompida,
De alguém que já era, antes de eu ser.

Quero saber se eu sou um outro ainda,
E se acaso o amar comigo finda
Ou vive noutro corpo, se eu morrer!?

Inspirado num poema de Alice Ogando

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Apvc (DIVULGAÇÃO)


[workshop] Agricultura Biológica e Plantas Selvagens Úteis



APVC e-newsletter 04.2014
encaminhe este mail para os Seus Amigos, sff.
o bio-agradável Vale do Coronado agradece. cheers!



Viva!
E depois da realização do workshop de Produção de Cerveja Artesanal e do arranque da Embaixada da Água, a Associação para a Protecção do Vale do Coronado (APVC) volta a "bulir" e, desta feita, propõe mais uma acção de formação.

WORKSHOP  Princípios Básicos de Agricultura Biológica e Identificação de Plantas Selvagens Úteis
FORMADORA  Atimati

QUANDO
  12 de Abril, sábado, das 10 às 18 horas.
[nota] se as condições atmosféricas forem adversas, então, a formação será adiada para 26 de Abril.
ONDE  Paiço, São Mamede do Coronado, Trofa.
Será realizado em ambiente campestre, com hortas e burros à espreita!

CONTEÚDOS
–  princípios básicos de agricultura biológica;
–  produção de caldas vegetais para bio-fertilização, fungicidas e pesticidas;
–  saída de campo para identificação de plantas selvagens comestíveis, medicinais ou de uso na agricultura como caldas.

PREÇO
–  €10,00  habitantes da freguesia do Coronado e/ou sócios efectivos APVC 
[quota 2014 paga];
–  €15,00  novos sócios  adesão em 12 de Abril 
[€10,00 workshop + €5,00 quota];
–  €20,00  público-geral.
O pagamento será feito no dia/local da formação.

INCLUI
–  saída de campo;
–  manual em pdf;
–  certificado de participação;
–  bio-agradável formação (!)
[almoço não incluído]


INSCRIÇÃO 
/ INFO
–  valedocoronado@gmail.com  |  91 70 40 207
–  facebook   blogue   twitter
A inscrição é obrigatória [enviar dados] nome completo, localidade, e-mail, nº telemóvel, nº de cartão de cidadão. 

FACEBOOK  [partilhe, sff.]
–  post-promo  
|  evento
–  e já fez "gosto" na nossa de página de facebook?!

Participe!
Dê descanso ao sofá...




Até de repente,
a equipa de voluntários da APVC

terça-feira, 8 de abril de 2014

ORNITOLOGIA (DIVULGAÇÃO)



CONVITE
No âmbito das comemorações do 4º aniversário do COVIZ – Clube
Ornitológico de Vizela, realiza-se conjuntamente com a FONP – Federação Ornitológica Nacional Portuguesa, um colóquio sobre aves (Canários de cor) no próximo dia 12 de Abril de 2014, pelas 16:00horas, na Casa das Coletividades, (em frente aos B.V.V, antigo Centro de Saúde). 

Este será dirigido a todos os associados COVIZ
e a todos os interessados pela Ornitologia.



Cumprimentos,
O Presidente da Direção
          Luís Silva