segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Ecoclube "Guarda-rios" de Guifões (2)

Guifões (Matosinhos) - 18 de Setembro 2010

Foi uma tarde dedicada à Ecologia!

Assistimos no passado sábado, 18 de Setembro, no espaço da Junta de Freguesia de Guifões, ao evento "Clean Up the World" organizado pelo Ecoclube Guarda-rios de Guifões, Conselho Consultivo da Juventude da vila e Organização para a Promoção dos Ecoclubes. O convite (cartaz acima referido) do Ecoclube Guarda-rios de Guifões era livre para quem quisesse estar presente e acorreram cerca de três dezenas de participantes, desde os Ecoclubistas, Promotores, Grupo Escuteiros,etc.

Temas dos workshops

Os fornos solares

Sabes que Portugal é o país da Europa que tem maior exposição solar?
A energia solar é gratuita e inesgotável; só mesmo as nuvens nos podem privar desta benção energética natural. Uma das aplicações mais simples da energia solar é através de fornos solares e está provado que se pode também cozinhar com esta energia.
Neste workshop podémos apreciar vários modelos de fornos solar, inclusivé o modelo do Padre Himalaia, premiado há muitos anos com medalha de ouro.
O apresentador destas invenções foi o "Facilitador" José Luís Araújo.

Fabrico de pão

O Professor demonstrou como se fabrica o pão caseiro e pão com chouriço num método artesanal e perfeitamente ao alcance de todos.

Depois, levou a cozer no forno solar que estava de serviço.

Espectacular!

Reutilização de materiais

Para além de cada um poder fabricar o seu próprio mealheiro (tempos de poupança inspiram)assistimos a uma diversidade de objectos que se pode criar em casa com as mais variadas embalagens usadas!
Foi uma apresentação de ideias para dar uma nova vida a estes materiais, como cartão e simples papel, antes de os deitar fora.
O fabrico duma mesinha de cabeceira foi o exemplo concreto.
Vimos também a construção de "blocos de cartão" para isolamento térmico e até de construção, fabricados em simples moldes.

Fantástico!

Purificação da água

Foi-nos exemplificado pelos elementos femininos dos Escuteiros, o método mais fácil de usar para tornar potável a água que aparentemente esteja imprópria para consumo.
O próprio filtro não passa de simples materiais comuns, como os garrafões da água.
Filtragem da mesma por xistos, arenitos, carvão, etc.

O consumo de carne e o ambiente

Este foi talvez o workshop mais debatido, (o projector engasgou) pela sua importância e convite ao diálogo entre todos.

Os temas foram se sucedendo, explicados e muitos debatidos ao pormenor, como:

O processo de produção (macro) industrial de animais para abate e as consequências ambientais, ou seja:
A desflorestação para a produção de alimento (cereais e vegetais);
A saturação dos solos;
A poluição de lençóis freáticos e de água salgada;
A poluição atmosférica (libertação de gases poluentes: Co2 e metano);
A extinção de microssistemas e perda da biodiversidade universal;
As politicas de sustentabilidade ligadas à produção de animais para abate (desperdício de recursos naturais).
A extinção de culturas e comunidades locais;
Os direitos dos animais;
Os direitos Humanos;
O incentivo à prática "vegetariana"!

Nota positiva!
Foi uma tarde ecológica e proveitosa de esclarecimentos e demonstrações da relação do homem com o meio ambiente, assim como muita gradável bricolage. Para além da simpatia, ficou-nos sobretudo a impressão positiva dos jovens elementos Ecoclubistas, cheios de entusiasmo e preocupados com o ambiente que nos rodeia, calorosos defensores da biodiversidade e da Natureza, com especial destaque para as actuações de sensibilização e limpezas nas margens do Rio Leça que banha a Freguesia.

Um Grande Bem Haja a Todos!

Continua...

Sem comentários:

Publicar um comentário