quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Luís Goes faleceu

Luís Goes, grande poeta, compositor e interprete, talvez a maior referência do "Fado/Canção" de Coimbra, deixou este conturbado mundo.
Possuía uma voz arrepiante, melancólica e suave, ardente, que por vezes deixava comovidas as pessoas ao escutá-lo. Foi o grande «Mestre» que influenciou figuras marcantes da música portuguesa, como Zeca Afonso e Adriano Correia de Oliveira, entre outros.

Nesta minha singela homenagem de pesar, deixo um poema "arrepiante" seu, «Quando eu morrer» que já declamei baixinho junto à campa da minha mãe.

Sem comentários:

Publicar um comentário